terça-feira, 21 de julho de 2015

FUTEBOL


O homem pediu um café. Serviram-lhe pó para matar baratas dissolvido em água. Pagou na mesma. Ouviu o diálogo ao lado. Dois polícias bebiam cada um a sua cerveja. Tinham os chapéus no balcão. Estavam fora de serviço?

- Futebol? Já não me interessa.
- Porquê?
- Depois deste último final de campeonato, o futebol só deu coisas estranhas, feias e decadentes aos seus amantes.
- Coisas doentias, mesmo.
- Aquilo do polícia.
- O treinador que...
- A multidão louca que estragou...
- Pensando melhor, concordo contigo. Mais vale ver golfe.

Riram-se.

- E os milhões?
- E os jogadores, estupidificados e muitos logo desde cedo.
- E tanta gente com fome.
- Gente burra e inútil.
- No mínimo.

Não riram.
O homem olhou os polícias. Eram novos, de barba feita e ar respeitável. Como um polícia deve aparentar.

- Posso vos pagar um café?

Aceitaram. Estavam em fim de turno.
Começaram os três a falar de política e de nações fracas subjugadas por nações fortes.
Na televisão do café, dava futebol.



sábado, 11 de julho de 2015

TWITTER CUTS by Carlos Teixeira Luís


 Todos os dias me acusam distrações por outras coisas. Tenho orgulho nisso. Quero descobrir que coisas são essas. Quero distrair-me por essas coisas. Quero saber para depois fazer. Seja lá o que isso for.

Ouvindo Haydn e Mozart nos dias de chuva e sorrindo ao gato que não entende. É apenas gato e nada mais.

Porque é que as pessoas não gostam das pessoas que lhes batem à porta?

A Love Supreme de Coltrane e do restante quarteto para este dia tão chato. (8 Jun.) e 3.9.2014

2666 - Grande, grande, grande, grande. (8 Jun.) e 3.9.2014

Cada vez mais dentro do poema longo que não termina, parece-me escrever sempre o mesmo poema e se for? (8 Jun.) e 3.9.2014
 
Se não contas nenhuma história, de que falas? Se de facto contas uma história, onde estão os personagens? Quem são eles? São apenas e só, personagens? (9 Jun.) e 3.9.2014
 
Os melhores leitores são sempre as pessoas que não nos conhecem, porque os que nos conhecem, porque haveriam de nos ler? (9 Jun.) e 3.9.2014
 
Se não consegues fazer uma frase perfeita, porque não fazes duas quase, quase perfeitas? (9 Jun.) e 3.9.2014

Se escreveste uma metáfora, em dois segundos, porque carga de água achas que ela nunca foi escrita? (9 Jun.) e 3.9.2014
 
Se te achas um génio, não será isso, uma evidência que não o és? (9 Jun.) e 3.9.2014

Se não sai nada de jeito porque insistes em ser poeta ou escritor se não o és, na realidade? Porque insistes? Ao menos, sê feliz. (9 Jun.) e 3.9.2014

No blogue do Carlos Teixeira Luis: "Uma metáfora tem o brilho da palavra vadia..." (9 Jun.) e 3.9.2014

Um bom (meio de) fim de semana, leitura recomendada: leiam Ferreira Gullar e saboreiem a chuva. Ouçam Coltrane e saboreiem a chuva. (9 Jun.) e 3.9.2014

Imagina que és pássaro. Agora voa. Imagina que és pássaro. Que ridículo. Vai trabalhar. (14 Jun.) e 3.9.2014

Lendo novamente Herberto Helder. (14 Jun.) e 3.9.2014

Há um excesso de EU na má poesia. Talvez por isso mesmo... (14 Jun.) e 3.9.2014

Passas o dia a ouvir jazz e depois queres que o mundo mude sozinho? (15 Jun.) e 3.9.2014

Primeiro os sussurros de Miles Davis, a lentidão de Dexter Gordon, o desassossego de Coltrane, os esticões de Dixie Gillespie e foste dormir (15 Jun.) (ago 2014) e 3.9.2014

Tenho de ser mais sucinto diz o master of Twitter... o tanas. (15 Jun.) e 3.9.2014

Oops... tive uma ausência... retornei às Terras-Altas-da-Melancolia... outra vez. (17 Jun.) e 3.9.2014

Conhecer Luiz de Miranda o poeta do autodenominado poema mais extenso do mundo (mais de 2000 páginas) (17 Jun.) e 3.9.2014

Sou tudo. A maioria das vezes absolutamente nada. (17 Jun.) e 3.9.2014

O livro da minha vida é... nunca completarei esta frase... (17 Jun.) e 3.9.2014

A persona Miles Davis era difícil de digerir. A sua obra é única, preciosa e verdadeiramente genial e tanto que se desperdiça esta expressão (21 Jun.) e 3.9.2014

A melancolia não se cura. Todos os remédios inventados e imaginários não resultam. A maioria das vezes, muda apenas a face da melancolia. (27 Jun.) e 3.9.2014

A melancolia não é a tristeza. A melancolia é a existência. (27 Jun.) e 3.9.2014

Austeridade?! Cinco mil milhões de nós nunca viveram de outra forma. Nada de novo. (27 Jun.) e 3.9.2014

Se partilharmos a comida por todos, sobra. Se a vendermos, milhões morrem à fome. E uns poucos milhares, enriquecem. Gordos. (28 Jun.) e 3.9.2014

Sinfonia Nº 43 de Haydn para o resto de tarde. Combina bem com a chuvinha nesta tarde equatorial de temperatura e humidade elevada. (1 Jul.) e 3.9.2014

Um poema pode ser uma forma de perpetuar uma lágrima. (3 Jul.) e 3.9.2014

Poesia Moderna? O meu avô gostava muito. (6 Jul.) e 3.9.2014

Arte Moderna? O pai do meu avô foi ao funeral e lamentou. (6 Jul.) e 3.9.2014

Olhei e já não vi o resto. Cansou-me. Fiquei aflito na perspetiva de mudar de realidade. Para pior. (6 Jul.) e 3.9.2014

Haiku: burro - lento, a força / simbólica de um país / que não desiste (7 jul.) e 3.9.2014

Há um forte desejo de importância que entope de egoísmo as nossas cidades. (7 Jul.) e 3.9.2014

Escrevo poesia. E na minha poesia (se a for) há sempre um pormenor que estraga tudo. E gosto assim. Aliás, fica assim. (8 Jul.) e 3.9.2014

Que faremos enquanto esperamos Godot? (11 Jul.) e 3.9.2014

Parece que agora dava jeito o dinheiro gasto em todas (algumas) guerras! (11 Jul.) e 3.9.2014

Crise?! E, andam uma série de homens engravatados todos eles especialistas, a fazer o quê? Falam, falam, falam... e nada de bom surge... (12 Jul.) e 3.9.2014

Transformar mentiras velhas em verdades novas. Raspando um pouco, está tudo na mesma. Poder. Dinheiro. Relações humanas. Religião. Etc... (20 Jul.) e 3.9.2014

27 anos: Jimi Hendrix, Janis Joplin, Kurt Cobain, Jim Morrison, James Dean e agora Amy Winehouse. A culpa não é da idade. (27 Jul.) e 3.9.2014

Hoje almoço. Amanhã não. Assim poupo e pago a crise e o fato negro dos senhores do FMI. Que acham? (26 Jul.) e 3.9.2014

Não podendo fazer mais nada, dou o meu sorriso sem preço a quem comigo se cruza - não precisam dar nada de volta (1 Ago.) e 3.9.2014
 
Sugestão: http://www.magazine-hd.com/apps/wp/do-livro-a-tela-a-boleia-pela-galaxia/

Nova sugestão: http://cinecartaz.publico.pt/Filme/313422_guia-para-um-final-feliz


Vampiro ou zombie não existe, vê se cresces, o mundo precisa de ti, adulto e acordado. (25 out. 14)
DANGER ÉBOLA! Parem de meter medo á malta para depois venderem uma vacina. Vão mas é ajudar ÁFRICA. Vão. (29 out. 14)

Chovia tanto que fazia sorrir. Out. 14
E depois... fechei a conta. Bem hajam.